CUIDEMOS DE NÓS MESMOS

Quando criou o ser humano, deu-lhe Deus
a tarefa de cuidar.
Nós nos tornamos humanos na medida em
que cuidamos.
Quando nos envolvemos nessa tarefa,
assumimos nossa real  condição de
imagem-semelhança de Deus, o cuidador
supremo.

Erramos quando desistimos de cuidar.

A Bíblia mesma é a história do Deus que
cuida, de todos e de tudo, inclusive de si mesmo.
Por isto, no sétimo dia da criação de todas as
coisas, Ele, com quem devemos nos
parecer, descansou.

Nossa história precisa ser também uma narrativa
do cuidado.

Precisamos cuidar da terra, protegendo-a de nós
mesmos.
Precisamos cuidar das pessoas, protegendo-as de
si  mesmas e dos outros.

Precisamos cuidar dos animais, frágeis diante dos
muitos perigos à sua volta.

Para exercer todos estes cuidados,
o Autor da vida nos  ensina que precisamos
primeiramente cuidar de nós
mesmos (I Timóteo 4.16):
do nosso corpo, para que seja idealmente saudável,
de nossa mente, para que continue emocionalmente
estável,
e de nossa alma, para que seja pelo Criador
moldável.

Somos um corpo, uma mente e uma alma carentes
de cuidado.
Somos chamados para cuidar.

Quando responsavelmente nos empenhamos em
cuidar de nós mesmos, nós nos aprontamos para
cuidar daqueles em torno dos quais orbitamos.

Israel B. Azevedo

“O que importa é a relação interpessoal,
em seus ricos matizes humanos”.
(D.W. Winnicott)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s