PALAVRAS ESSENCIAIS: GRAÇA

GRAÇA

A palavra mais difícil não é fé.
Nossa maior dificuldade não é ter fé,
sentimento possível para todos, uma
vez que é uma resposta.

A palavra mais difícil é graça,
embora seja incrivelmente fácil recebê-la.

Para correspondermos a um sorriso de criança,
não precisamos entendê-lo.

Para rirmos de uma estória bem-humorada que
nos contam, não esperamos que ela faça sentido.

Para nos enternecermos diante de uma rosa
fulgurante num jardim, não temos que conhecer
botânica.

Simplesmente recebemos o sorriso, a criatividade
e a beleza como um presente, vindo de uma
criança que gostou de nós, sem explicação;
de um contador de estórias, que nos encantou;
da natureza que nos maravilhou.

Essas metáforas nos aproximam da graça de Deus,
que nos alcança como um presente, sem que nada
tenhamos feito para merecê-lo.

É como uma cesta-de-café da manhã que recebemos
de uma pessoa a quem nunca fizemos um favor.

É como um abraço de uma jovem bem-vestida e
sorridente dado numa moradora de rua sem
esperança, para convidá-la para jantar.

O Deus eterno nos envia sua graça no corpo de Jesus,
fazendo-o morrer na cruz para que o carimbo
de “culpado” seja tirado da testa de cada um de nós.

Não dá para compreender o gesto,
mas podemos 
recebê-lo.

Israel B. Azevedo

“A graça expressa dois pensamentos que se complementam:
é o favor não merecido de Deus para conosco através de
Cristo e é o cuidado de Deus para conosco através
do Espirito Santo”. (Jerry Bridges)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s