DOR DE AMADURECER

“A adversidade é um trampolim
para a maturidade”.

(Charles Colton)

Quando nascemos, nossos pais,
biológicos ou afetivos, cuidaram
de nós para que sobrevivêssemos.
Tivemos que aprender coisas que se
tornariam fáceis, como andar, correr;
beber, comer; tomar banho, escovar
dentes;  protegermo-nos dos perigos,
respeitar o próximo.

Por amor, às vezes, permitiram que nos
excedêssemos em exigências, tornando
mais suaves nossas quedas, mais leves
nossos erros, mais fáceis as dificuldades,
mais róseo o mundo, mais estrelado o céu.

Mesmo que sejamos cuidadosos e nos
protejamos, podemos achar que há
respostas fáceis, decisões que não custam,
erros sem culpa, vitórias sem esforço,
triunfo sem ousadia, omeletes preparadas
sem que se quebrem os ovos.

Enquanto não forem contestadas pelos fatos
— e talvez nunca o sejam — nossas percepções
vão alargando a tenda em que nos refugiamos
ou inflando a bolha que nos encapsula.

Quando percebemos que os nossos desejos
estão opostos aos projetos dos outros ou que
as nossas mãos precisam das mãos dos outros
para realizar tarefas, das simples às complexas,
estamos nos tornando pessoas maduras;

Prontas para conviver com as frustrações sem
nos desesperar, animadas para enfrentar os
obstáculos e conservar a disposição.

Dói quando a nossa vida amadurece,
mas é assim que a alegria acontece.

Israel B.Azevedo

11 Quando eu era menino, falava como menino,
sentia como menino, discorria como menino,
mas, logo que cheguei a ser homem,
acabei com as coisas de menino.

12 Porque agora vemos por espelho em enigma,
mas então veremos face a face; agora conheço
em parte, mas então conhecerei como também
sou conhecido.

1 Coríntios 13:11,12

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s