MUITAS SÃO AS AFLIÇÕES

“Muitas são as aflições do justo,
mas o Senhor de todas o livrará”
Salmos 34:19.

Antes de entramos no tema vamos entender um pouco melhor
o que é uma pessoa justa na bíblia.

São todos aqueles que foram justificados por Deus,
não aqueles que tentaram justificar a si mesmos por atos de justiça.

É um grande engano pensar que somos justificados
pelo nosso modo de agir.

Quando Deus nos olha, Ele nos vê pelas lentes de Cristo,
ou através da obra redentora na cruz do calvário.
Fora disto não há justificação para o ser humano.

O salmista deixou claro uma verdade que muitas vezes
é difícil de aceitar: até mesmo os justos passarão
não por poucas, mas por MUITAS aflições.

Ao longo de nossa vida poderemos ter que enfrentar problemas
externos e internos de diversas áreas, como a financeira, familiar,
emocional, psíquica, saúde, e até mesmo quanto a nossa fé.
Não são poucas as áreas e não serão poucas as dificuldades.

Isto não significa, contudo, que Deus é mal, mas, sim,
que o mundo está longe Dele e “jaz no maligno” (1 João 5:19).

O Senhor, por sua vez, é bom sempre, ainda que muitas sejam as aflições.
Ele, aliás, nunca negou que teríamos aflições, mas nos deu uma ordem
de como devemos reagir diante delas: “tende bom animo,
Eu (JESUS) venci o mundo” (João 16:33).

Outro ponto para nos atentarmos é o uso do termo aflições,
que é diferente do termo tribulação, pois este significa problemas
externos enquanto que aflição significa problema interno.

A aflição, assim, é a dor da angústia pelos problemas
externos ou mesmo sem causas aparentes.

Perceba que Deus previu que não somente teríamos problemas
externos (tribulação), mas também que estes nos causariam dores
internas (aflições). Diante deste quadro, porém, Ele nos mostra a
verdade proclamada pelo salmista do Salmo 32. 7:
“Tu és o meu abrigo, tu me preservarás das minhas
angústias e me cercarás de canções de livramento”.

Por isto, o salmista concluiu: o Senhor o livrará de todas.
Ou seja, nenhuma angústia nos atormentará para sempre.

Ele não impedirá que passemos pela angústia,
mas assegurará que ela não nos destrua. O Senhor nos livrará
e nós sairemos das aflições mais fortes do que quando entramos.

Neste momento, você talvez esteja sofrendo alguma dor emocional
muito grande por alguma razão que desconheço (angústia por algum pecado,
ou sofrimento na família, perda de um ente querido, entre outras hipóteses).

No entanto, Deus não desconhece e, aos que o busca,
Ele concede o livramento.

Ore igual o salmista dos Salmos 86 (3-7):
“Tem misericórdia de mim, ó Senhor, pois a ti clamo todo dia.
Alegra a alma do teu servo, pois a ti, Senhor, levanto a minha alma.
Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade
para todos os que te invocam.
Dá ouvidos, Senhor, à minha oração e atende à voz das minhas súplicas.
No dia da minha angústia clamo a ti, porquanto me respondes”.

Deus abençoe a todos!!!

Jônatas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s