HUMILDADE

Não podemos. Não sabemos

untitled-1-1 O orgulho divide os homens,
a humildade une-os”.
(Henri Lacordaire)

É característico do ser humano pensar
que sabe e achar que pode.
Por sua capacidade de pensar,
o ser humano narra o passado,
reflete sobre o presente e propõe o futuro.

Por acreditar na sua capacidade de realizar,
o ser humano põe-se a fazer o que acha que lhe cabe durante o tempo em que vive.
O ser humano é pretensioso, adjetivo que o leva a ser um realizador.

Um gol de placa acontece quando o jogador acredita que pode marcá-lo.
O problema é quando esta pretensão extrapola o limite do bom senso,
o que inclui a percepção das nossas próprias limitações.
Não sabemos tudo. Não podemos tudo.

Pedimos para que coisas aconteçam,
mas sequer sabemos se o que desejamos nos será bom
(Romanos 8.26).

Podemos ser vencidos por uma bactéria tão pequena
que nossos olhos não a podem ver.
Assim mesmo, achamos, por exemplo,
que nossa época é mais civilizada que as anteriores,
esquecidos que nela se matam pessoas por causa do ódio
ideológico e pela posse de quinquilharias
como um aparelho de telefone.

Quando percebemos nossas limitações,
convivemos com elas,
para realizamos o que realmente podemos,
e também para fazer mais do que geralmente fazemos.

Nossas limitações são como cones postos para estreitar a pista;
devemos ora respeitá-los, ora colocá-los mais adiante
para nos tornar mais larga a avenida a trafegar.

Sim, podemos, mas não podemos tudo.
Poderemos mais, se reconhecemos que somos fracos.
Sim, sabemos, mas não sabemos tudo.
Saberemos mais enquanto continuarmos aprendizes.

A humildade não é para nos deter,
mas para permitir que avancemos.
A humildade não é para nos submeter ao outro,
mas para respeitá-lo como igual.
A humildade é apenas um retrato real do que somos
e também do que podemos ser.

Bem-aventurados os humildes,
porque herdarão a terra
Mateus 5:5

Israel B.Azevedo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s