EM TUDO DAI GRAÇAS

Postado em 30-09-16

O espirito de ingratidão parece ter se apossado
da maioria dos seres humanos, fazendo-os esquecer
das bênçãos de Deus e de seus provimentos.

O sol que nos aquece e nos dá à luz,
sem o qual tudo seria trevas.
Os ventos que amenizam o calor do dia.

As chuvas que regam a terra, de onde provem muito
dos nossos bens, as frutas e hortaliças que nos alimentam,
e as águas que engrossam os rios e saciam a todos,
quantas vezes são motivo de blasfêmia, daqueles que
deveriam voltar os seus olhos para os céus em imensa gratidão.

Por toda parte há reclamações e heresias.

Depois de um dia de bênçãos, onde não faltou o pão,
as vestes, o calçado, o afeto, o respeito e o lucro.
O ser humano se recolhe ao seu sono, que também é dom de Deus,
demonstrando descontentamento, enquanto tantos outros foram
importunados, prejudicados, estão passando fomes, foram sujeitos
a privações, ao cárcere, dores e morte.

Deus preparou um ambiente propicio ao ser humano,
nada deixou faltar e sobretudo lhe deu a
Sua graça e a Sua assistência.

Fez o dia para que não o ser humano não vivesse
nas trevas, a noite fez para o seu descanso.
Deu-lhe à luz para que visse as maravilhas da Sua criação.

Deu-lhe o livre arbítrio, para que não fosse escravo,
e sentimentos para que não escravizasse ao seu semelhante.

No entanto, o ser humano tornou-se escravo de si mesmo,
do seu egoísmo e da sua vaidade, e passou a exercer
a lei do mais bruto, dominando e sub julgando o seu próximo.

Não contente virou escravo do seu próprio corpo,
trazendo para dentro de si mesmo todas os vícios
que o levam para a sua própria destruição.

Mesmo no meio de muitos que se dizem cristãos
há um pouco desta ingratidão.

Descaso pela salvação ofertada de graça através de Jesus,
pelos dons recebidos e até mesmo bênçãos materiais alcançadas.

Desprezo pelos seus irmãos na fé, e pelas vidas que ainda
não ouviram falar de Jesus e o seu grande amor.

Falta de reconhecimento por vivermos num país livre
onde se pode falar livremente das boas novas de Cristo.

Displicência em saber aproveitar as oportunidades
dadas para semear a Palavra;
Enquanto em todos outros lugares do planeta
vemos e temos notícias diárias perseguições,
crueldades e mortes contra cristãos.

Muitas vezes nossa oração consiste apenas em pedir,
pedir e pedir, por nós mesmos, e quase nunca oramos
somente agradecendo por tudo que Deus é,
por tudo o que Ele fez e faz.

Deus é tão maravilhoso que diariamente dispensa
se favor não somente por nós, mas por todos os seres humanos,
mesmo ingratos e não merecedores das suas dadivas.

São frequentes as suplicas angustiadas nos momentos
de desespero, e clamores incessantes diante das dificuldades
que nos sobrevém, porém, são poucos os louvores
e agradecimentos que são feitos quando as vitórias são alcançadas.

Seja o nosso propósito dirigirmos orações em gratidão a Deus,
em todo o tempo, quando as respostas são boas e favoráveis
ou quando não vem do modo que pedimos.

Agradecermos a Deus tem que fazer parte da nossa
vida constantemente.

Agradecer a Deus que nos criou, salvou e nos mantem vivos
para fazermos parte da sua gloriosa obra.

Em tudo daí graças, porque esta é a vontade de Deus
em Cristo Jesus para convosco.

1 Tessalonicenses 5:18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s