NEM UMA HORA?

prayer1Como você está agora?
Será que a sua situação
é tão desesperadora como foi a minha?
Encontra-se em um lugar de onde não
possa sair, nem pagando, de um lugar
onde não há meio de escape?
Talvez não esteja numa situação destas,
talvez esteja apenas passando por uma
fase de tédio espiritual,
com a sensação de que não há nada de novo
em sua experiência de vida.

Converteu-se há alguns anos,
e agora tem a impressão de que já ouviu
tudo que tinha que ouvir.
Há quanto tempo, pensa você meio cético,
Deus não revela nada de novo a ninguém?

Pois me deixe dizer-lhe uma coisa:
pare de tentar resolver os seus problemas
por meio de racionalizações, ou de esperar
que se solucionem com o tempo.
Ore a respeito deles.

É bem provável que sua situação não seja
desesperadora, mas pode ser que seja não
sei, mas o fato é que Deus só vem ao nosso
encontro, comunica-nos Sua paz e
equaciona os nossos problemas quando
nos ajoelhamos e lhe falamos o quanto
necessitamos Dele, e invocamos
o Seu Nome; e só fazemos isso quando
estamos desesperados, e Ele certamente
nos responderá.

Todos nós precisamos de alguém que
nos veja, precisamos de alguém que
precise de nós, precisamos ter um
objetivo na vida.
Dar vida a outro ser humano não basta.
Dedicar-se a uma carreira profissional
ou viver uma existência de consumismo
também não supre a carência espiritual
que todos temos.
Enquanto ela não for preenchida haverá
sempre em nosso coração uma plaquinha
com os dizeres: “há vagas”.

Nem todos os crentes são chamados para
pregar, mas todos são chamados para orar.
Orar, para nós é um dever, e também um
privilégio.
Como a água, o alimento e o oxigênio,
a oração é necessária a nossa sobrevivência
e desenvolvimento espiritual.

O chamado mais importante que existe é o
chamado a oração.
Precisamos entender que não é por nós
mesmos, pelo nosso esforço próprio, que
cultivamos o desejo de orar.
Ele é despertado em nós pelo Espírito
Santo; e à medida que formos adquirindo o
hábito de orar, Ele mesmo operará a
“mudança de marcha”, e você verá a oração
deixar de ser uma atividade penosa e
cansativa, e se transformar num santo
deleite.

Deus está ansioso para ver nosso coração
transformado numa casa de oração,
Por quê?
Porque Ele tem muitas bênçãos para nos dar,
e dar a outros por nosso intermédio, e assim
que começamos a orar,
desencadeia-se em nós uma progressão
espiritual.

Leiamos o texto bíblico que se encontra  em
(Mateus 21:12-16)

e vamos analisar este texto para descobrir a
bela progressão espiritual que há nele.

Primeiramente, Jesus limpou o templo de
Deus, tornando-o uma casa pura (v.12).

Em seguida fez a declaração de que ali seria
casa de oração (v.13).

Feito isso, o templo se tornou uma casa de
poder, pois cegos e aleijados foram curados
por Jesus ali. (v.14)

Por último, tornou-se a casa do perfeito
louvor (V.16).

Será que não devia haver essa mesma
progressão na vida do crente e da igreja que
é a habitação de Deus por intermédio do
Espírito Santo (Efésios 2: 20 aos 22).

Quantos crentes há que falam uma coisa e
vivem outra isso é um deboche.

Deus não abençoa uma igreja impura.

Enquanto a igreja de Cristo não permitir
que o Espírito Santo venha purificar-lhe a
alma, removendo a falsa religiosidade
e transformando-a numa casa de oração,
ela não será a casa de poder e do perfeito
louvor.

Em Hebreus 3: 7 e 8 nos da a atender que
os filhos de Israel viram frustrada a sua
missão de ocupar a terra de Canaã
porque não deram atenção à voz de Deus.
Eles temeram os gigantes e não a Deus.
Ficara a olhar apenas para os problemas e
não para as promessas.
Viram apenas as cidades muradas, em vez
da vontade de Deus.
E como não deram ouvidos ao que o
Espírito Santo estava dizendo,
ficaram a vagar pelo deserto por 40 anos.
E ali morreram, e seus ossos ali ficaram e
se ressecaram.

E Hoje a situação do crente não é diferente
da deles.
Estamos peregrinando por este deserto com
objetivo de ocuparmos a terra prometida,
mas em vez disso ocupamo-nos em melhorias
sem fim na nossa curta existência nesta terra,
queremos ter cada vez mais coisas terrenas não
nos preocupando com as coisas eternas.

Em meio a tudo isso o Espírito santo está nos
chamando à oração, mas nós muitas vezes não
O estamos ouvindo.
A igreja de hoje está muito distanciada do
cristianismo bíblico.
A mediocridade tomou conta do corpo de
Cristo, e nós estamos aceitando como coisa
normal.

Neste final de tempos, Deus está acelerando
o ritmo dos acontecimentos,
e no em tando muitos estão ficando para trás.
Desejamos ardentemente ver a operação do
Poder de Deus, mas para que isso se de é
necessário que cultivemos a disciplina da
oração.

Não sei se você já fez uma oração do tipo
desta que eu fiz: “ Senhor, peço-te que retires
da minha vida tudo o que não tem nada a ver
com Jesus.
Quero que permaneça em mim apenas aquilo
que será para glorificar e engrandecer a Jesus
Cristo o Senhor.”
Para que esta petição se torne realidade em nós,
é preciso que as coisas que podem se abaladas,
sejam abaladas, para que as coisas que não são
abaladas permaneçam. ( Hebreus 12:27).

E hoje, se você ouvir a voz de Deus aclamando-o
a orar, não endureça o seu coração.
Peça ao Espírito Santo que não lhe de descanso
enquanto sua prática de oração não sair do
plano do simples desejo e não passar a ser um
hábito diário, e depois um santo prazer.
Deixe que Jesus expulse de sua avida tudo que
esta impedindo que o seu templo se torne uma
casa de oração.

Esses bois malcheirosos, essas ovelhas a balir,
essas pombas que arrulham
e moedas enferrujadas não merecem tomar o
lugar da Santa presença de Deus.
Jesus está esperando que façamos a oração:
“Senhor, faz de meu templo uma casa pura,
uma casa de oração, de poder e de perfeito
louvor para a Tua glória”.
E Ele deseja operar uma progressão espiritual
em seu templo neste momento.

Jesus não nos ensinou a pregar, nem nos
ensinou a cantar, Ele nos ensinou a Orar!
Para Jesus a oração era uma prática prioritária.
Relatando o inicio do ministério de Cristo,
o evangelista Marcos diz o seguinte:
E, levantando-se de manhã, muito cedo,
fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar
deserto, e ali orava. (Marcos 1:35).

Mais tarde, já pelo meio do seu ministério,
Jesus subiu ao monte, a fim de orar sozinho.
(Mateus 14:23).

E já no final do Seu ministério Lucas faz
menção do fato de que Jesus saiu para orar,
como era de Seu costume. (Lucas 22:39).

Jesus tinha o hábito de orar, e ensinava isso
a outros, não apenas por meio de palavras, mas
também pelo exemplo.
Pelos evangelhos percebemos que a oração
era a atividade que Jesus mais se empenhava.
Depois então, transbordando de unção e
compaixão, Ele saia do local da intercessão
para ir colher os frutos das vitórias obtidas
em oração: milagres grandiosos, revelações
cheias de autoridades, curas maravilhosas
e poderosas libertações.

A oração era uma prática tão arraigada Nele,
que mesmo no momento que se estava na
CRUZ, enfrentando a zombaria e o escárnio
dos que se achavam ali, as primeiras palavras
que pronunciou foram uma oração, o que não
nos espanta nenhum pouco (Lucas 23:34ª);
Ele encarava a morte do mesmo modo que
havia passado pela vida, sem temor.
E ao morrer confiou o Seu espírito aos
cuidados do Pai (João 19:30b).
Mas não devemos pensar que a morte de Jesus
representou o fim do Seu ministério de oração.

O autor de Hebreus afirma que o ministério de
Jesus no céu, hoje é a intercessão
(Hebreus 7:25b)
Seu ministério constante no céu é a oração.
Ele ora por mim e por você também. Jesus
nunca faria algo que não tivesse valor,ou que
fosse enfadonho, sem vida, e tão pouco nos
pediria que o fizéssemos.

E neste momento Ele dirige a todos nós o
chamado mais
importante que existe (Mateus 26:40, 41).
Jesus quer que nós aprendamos a passar
momentos de comunhão com Ele, e
permanecer com Ele uma hora em oração.

É esse o SEGREDO, exatamente isso:
“Orar e Obedecer”.
Nunca mais me esqueci destas palavras.
Sabe, existe muita gente ai que quer
obedecer, mas não ora.
Mas se quisermos entrar na esfera de
poder e unção do Espírito Santo,
essas duas coisas terão de andar de
mãos dadas.

Um comentário em “NEM UMA HORA?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s